Georreferenciamento é o nome utilizado para o levantamento topográfico com a utilização de receptores GPS, onde são atribuídas coordenadas que possibilitam a determinação exata da localização da área.

No Brasil o georreferenciamento tornou-se obrigatório com o advento da Lei 10.267/01, ficando o INCRA o órgão responsável para estabelecer as normas e gerenciar os trabalhos.

Para os profissionais da área de agrimensura realizarem os trabalhos de georreferenciamento, foi necessário um cadastro junto ao INCRA que forneceu um código ao credenciado permitindo a realização do levantamento e certificação da área. Somente os profissionais credenciado poderão realizar este tipo de levantamento.

O trabalho consiste no levantamento do perímetro da propriedade com a utilização de receptores GPS e implantação de marcos contendo o código do credenciado e o nome dos vértices. Após o levantamento são elaborados planta, memorial descritivo, relatórios e ART Anotação de Responsabilidade Técnica.

É necessário coletar anuência de todos os confrontantes do imóvel, que poderá ser feita através de notificação através do CRI Cartório de Registro de Imóveis.

Atualmente entrou em funcionamento o SIGEF, que é um sistema de certificação eletrônica, o profissional acaba de realizar o levantamento e já certifica a área. O próprio sistema gera a planta e o memorial descritivo que deverão ser encaminhados ao cartório para o registro da certificação junto a matrícula do imóvel.

Quando um profissional realiza o georreferenciamento da área e implanta os marcos, o outro profissional que for realizar o georreferenciamento do vizinho fica obrigado a utilizar os vértices e as 
coordenadas do que implantou primeiro, desde que não haja discrepâncias nas precisões conforme determina a norma.

Todos os imóveis rurais do Brasil são obrigados a realizar o georreferenciamento, cabendo ao proprietário a contratação de um profissional credenciado. A não realização do georreferenciamento implicará no bloqueio da matrícula junto ao Cartório de Registro de Imóveis impossibilitando a transferência e quaisquer averbações junto a mesma.

Instituições financeiras já estão exigindo o georreferenciamento como uma obrigatoriedade para a liberação de créditos e financiamentos.

Os prazos finais para a realização do georreferenciamento são:

Aconselhamos aos proprietários para não deixarem para a última hora para realizar o georreferenciamento, se houver problema de sobreposição de área com algum vizinho, poderá demorar meses para regularizar a situação.

Imóveis georreferenciados são mais valorizados, se houver divergência das áreas existentes "in loco" com o registro da matrícula, estas serão regularizadas.

Qualquer dúvida entre em contato conosco que teremos o maior prazer em ajuda-lo. Em nosso quadro contamos com profissionais que já trabalharam no INCRA e são "experts" em georreferenciamento de imóveis rurais e regularização fundiária.

Ser reconhecida como a empresa de Tecnologia Agrícola e Meio Ambiente de maior eficiência na otimização do investimento e entrega de resultados.

Trabalhar para aumentar a eficiência do agronegócio integrando tecnologias inovadoras, conciliando a preservação do meio ambiente e dos recursos naturais, empregando conhecimento técnico e simplicidade na comunicação para o êxito dos resultados.

Ética
Comprometimento
Inovação
Precisão e compromisso com a verdade
Responsabilidade socioambiental

  • Alex de Souza Romeu Urucum - Nova Alvorada do Sul/MS

    Podemos dizer com certeza que estamos satisfeitos com o nível e qualidade dos serviços prestados a nós pela C-TEC, desde o primeiro contato e durante o suporte técnico, percebemos que trata-se de uma equipe competente de alto nível profissional e ético. PARABÉNS!!!

  • Octavio Rapchan Cereais - Nova alvorada do sul/MS

    Iniciamos a parceria com a Ctec afim de aprimorarmos nossa tomada de decisão, buscando uma maior rentabilidade e produtividade de nossos campos

  • Arlindo Altrão Agrofértil - Adamantina

    O desempenho das lavouras assistidas pela nossa equipe técnica, que também são atendidas pela C-tec, é superior e traz uma elevada satisfação dos produtores. É um trabalho de grande sinergia que fortalece todos os elos desta corrente, C-tec, Agrofértil e Produtor.